Futebol, política e um papo fixe

1964. Filmagem do documentário "Subterrâneos do Futebol", na várzea do Rio Tietê em São Paulo. (Foto: Thomaz Farkas. Acervo: Instituto Moreira Salles - IMS)
1964. Filmagem do documentário “Subterrâneos do Futebol”, na várzea do Rio Tietê em São Paulo. (Foto: Thomaz Farkas. Acervo: Instituto Moreira Salles – IMS)

O último encontro do GEISC (27/10) foi marcado por temas dispostos ao debate: futebol e política, reunindo as perspectivas de dois continentes. O doutorando Marcel Neves Martins apresentou seu projeto de tese, intitulado “A folkcomunicação em um jornal de elite: a comunicação (construção) do sentido popular da Copa do Mundo pelo diário Zero Hora”. Através da análise de conteúdo e do aporte teórico da folkcomunicação, a tese pretende compreender como o sentido popular manifesta-se em um jornal concebido para as “elites”.

Vindo da Universidade do Minho, em Portugal, para temporada de estudos na PUCRS, o doutorando Esser Jorge Silva apresentou o projeto de investigação “Os profissionais da política: Estudo sobre a formação, estratégias e práticas duráveis da elite da política no período 1974-2014”. O trabalho baseia-se no tipo-ideal weberiano que diferencia o viver da política e o viver para a política e tem como objetivo geral compreender a atividade política enquanto modo de vida individual e profissional, analisando a carreira de político no quadro da sociologia das profissões, da sociologia política e na perspectiva antropológica dos estudos culturais.

O encontro foi uma grande oportunidade de troca cultural, tanto em termos acadêmicos como futebolísticos, políticos e (por que não?) linguísticos.

Anúncios

Experiências acadêmicas: doutorado sanduíche

Instituto de Ciências Sociais - Universidade do Minha, Braga.
Instituto de Ciências Sociais – Universidade do Minho (Braga, Portugal).

Na última terça-feira, dia 29 de setembro, as colegas Camila Garcia Kieling e Lucia Loner Coutinho relataram suas experiências de doutorado sanduíche – ambas realizadas em parceria entre a PUCRS e a Universidade do Minho (Braga – Portugal).

Foram salientadas as etapas relativas ao processo de seleção, assim como os detalhes referentes ao financiamento realizado pela Capes e pelo CNPq. As práticas acadêmicas também estiveram em pauta: disciplinas, seminários e congressos ganharam destaque.

Ainda, diversas características da cidade (Braga) e do país (Portugal) foram comentadas, tais como história, geografia, festividades, gastronomia e religião.

Bom Jesus Flores (Braga, Portugal)
Santuário do Bom Jesus do Monte (Braga, Portugal)