Para além de resultados

A última reunião do GEISC, que aconteceu em 13 de setembro de 2016, foi um momento em que o Juliano Martins apresentou, de forma resumida, os resultados que obteve com a dissertação de mestrado, intitulada Os Amores Masculinos: Desiderium Afetivo Sexual de Masculinidades na Narrativa Seriada de Looking (HBO, 2014). Na reunião, também se trocou experiências sobre o I CIDI – Congresso Internacional de Diálogos Interdisciplinares, promovido pela Universidade Feevale, na última semana de agosto, do qual participaram Paula Viegas, Samara Kalil e o próprio Juliano Martins, com as considerações da dissertação final.

Juliano se filia aos Estudos Culturais e teve como orientadora a Professora Ana Carolina D Escosteguy. A temática de que fala é o amor entre as masculinidades, representado de forma contemporânea nas narrativas seriadas. A defesa da dissertação ocorreu em 29 de março deste ano.

Na apresentação, o processo de recorte da linha teórico metodológica, bem como a escolha e justificativa para o corpus da pesquisa foram expostos. O seriado Looking, da HBO, apresenta a identidade gay masculina e viril de interesse da pesquisa, e foi em cima dele que as análises foram feitas. Como conclusões básicas, saltou aos olhos do autor a filiação a ideais de amor romantizado das personagens – em plena contemporaneidade – bem como alinhamento a ideais heteronormativos de vivência afetiva. Também ficou clara a influência da família e da tradição – sobretudo a patriarcal – e da epidemia de HIV, nas situações amorosas de masculinidades subordinadas. Tais elementos são indicativos de como as personagens vivem, ou não, seus afetos.

unnamed
Agustín, Dom e Patrick são os personagens de Looking (HBO, 2014) analisados na dissertação de Juliano Martins. Fonte: GettyImages

O espaço de apresentação no GEISC proporciona a socialização das construções teórico metodológicas num programa de pós graduação, de modo a dar visibilidade para a pesquisa em comunicação, com a peculiaridade de cada interesse particular.