Reunião 22.04

Na reunião do dia 22 de abril, apresentei aos colegas do Geisc os principais pontos da minha dissertação sobre a comunicação na obra do sociólogo Charles Cooley. Como o delineamento da pesquisa pouco mudara desde que apresentei ao grupo o material defendido na banca de qualificação e como estamos sempre procurando tornar a reunião mais interessante e proveitosa para todos, limitamos a exposição a alguns poucos minutos.

A reunião, então, se ocupou principalmente em dois eixos de diálogo:
1) reflexões sobre a estruturação metodológica do trabalho e 2) levantamento de questões que os resultados da pesquisa trazem ao campo da comunicação contemporâneo. Chegamos a alguns pontos de convergência quanto à possibilidade de dispensar aparatos metodológicos rigorosos diante de uma pesquisa com objetos, perguntas e percursos nitidamente definidos; bem como quanto à pertinência de trazer para a discussão contemporânea um olhar teórico-histórico.

Em consideração, me parece que o diálogo com colegas é parte indispensável da pesquisa científica, já que a comparação entre visões de mundo põe em teste a pertinência e a credibilidade de seus pressupostos. Além disso, uma vez que a banca de defesa seria cinco dias depois da reunião, também foi uma ótima oportunidade para ensaiar a capacidade expositiva e, de alguma forma, me preparar para as possíveis recepções.

por Iuri Yudi Furukita Baptista

Apresentação sobre Cooley

No dia 7 de maio, última reunião do GEISC, o colega Iuri Yudi Furukita Baptista apresentou seu projeto de pesquisa sobre Charles Horton Cooley. Segue o relato dele abaixo:

“Este projeto de pesquisa propõe uma pesquisa documental da teoria comunicativa de Charles Horton Cooley. Publicada majoritariamente nas primeiras décadas do século XX, sua obra é uma das pioneiras a tratar a comunicação moderna como objeto de estudo distinguível no campo sociológico, versando tanto sobre sua instância simbólica e privada, quanto sua instância técnica e pública. A dissertação resultante da pesquisa deve observar o contexto teórico para dissertar, compor, analisar e discutir os conceitos e características da comunicação apresentados por Charles Horton Cooley.”